Parcele em até 10x sem juros.
No Boleto é Mais Barato!
Envio Imediato para todo o Brasil.
1° TROCA GRÁTIS*.
Seu carrinho está vazio

Clique aqui e compre agora!

Tipos de alongamento: qual o melhor para cada situação?

29/10/2020 Saúde comentarios
190 visualizações
Imagem do autor Cristielly Avanci
Cristielly Avanci
Redator da Epulari

Antes de praticar qualquer exercício físico, a regra é clara: é preciso se alongar! O alongamento, ou melhor, os diversos tipos de alongamento têm função não só preventiva – livrando o corpo de acidentes e lesões –, como também benéfica à saúde dos músculos, tendões e articulações.

Você sabia que o alongamento pode ser feito diversas vezes ao dia? Uma vez que os seus benefícios se estendem para quem passa muito tempo em pé, parada na mesma posição ou para quem vai à academia, há diversos momentos em que você pode (e deve) esticar-se, favorecendo a circulação sanguínea e minimizando tensões musculares.

Sabe o que é melhor? Para cada situação, existe um conjunto de movimentos alongadores, dos mais simples aos mais complexos, que podem ser realizados até mesmo dentro de casa – de forma simples, prática e saudável!

Aqui no blog Epulari, sabemos que não existe nada melhor do que receber dicas úteis e valiosas que nos ajudam a estar cada vez mais integradas ao universo fitness. Por essa razão, este post é inteiramente dedicado a te contar tudo sobre alongamento, os principais tipos e quais as diferenças entre eles.

Acompanhe a leitura e saiba mais sobre o assunto:

O que é alongamento? Por que ele é importante?

Antes de entendermos melhor a variedade de alongamentos que você pode aplicar à sua rotina fitness, é importante saber o que é alongamento. Mais do que uma série de posições e extensões musculares, os alongamentos são definidos como uma modalidade de exercício físico.

Isso mesmo, alongar-se também é praticar exercícios físicos! Nesse caso, a principal vantagem dessa prática é o ganho de flexibilidade, redução da tensão muscular e o preparo do corpo para exercícios mais pesados, como musculação e corrida, por exemplo.

Por esse motivo, a prática regular de exercícios de alongamento é vantajosa porque diminui a possibilidade de lesões, distensões, dores musculares e até mesmo acidentes mais graves. Além do fator preventivo, os alongamentos também ajudam a reduzir o cansaço e fadiga do dia a dia.

Ou seja, uma ótima oportunidade para quem sofre com problemas como câimbras, má postura, varizes, problemas de articulação e muitos outros.

Como fazer alongamento: 3 tipos para conhecer e experimentar

Fazer alongamento pode parecer uma atividade simples – e realmente é –, mas são necessários alguns cuidados básicos para que se obtenha os melhores resultados, de forma segura e eficiente.

Pensando nisso, separamos algumas dicas essenciais para que você possa exercitar-se da melhor maneira possível, olha só:

  • Preste muita atenção no grupo muscular que está sendo trabalhado: mantenha-os relaxados e estáveis;
  • Os exercícios devem ser feitos de maneira suave e você deve se atentar à respiração, especialmente na expiração;
  • É importante manter as posições estáticas por um período entre 20 e 30 segundos.

Agora que você já conhece os princípios básicos dos exercícios de alongamento, hora de conhecer 3 das principais modalidades e para que eles servem:

1. Alongamento estático

O alongamento estático é a modalidade mais comum dentre os tipos de alongamento. Consiste em fazer movimentos extensores (esticar e relaxar), mantendo a posição estática por um determinado período de tempo – que, geralmente, varia entre 20 e 30 segundos.

Essa forma de exercício é indispensável para aqueles momentos em que não é possível exercitar-se ao ar livre, ou seja, nossa dica é praticar o alongamento estático dentro de casa ou no trabalho!

post blog alongamento estatico k

2. Alongamento dinâmico

Como o próprio nome sugere, essa modalidade possibilita o alongamento dos músculos e articulações por meio de movimentos dinâmicos, como saltos, corridas, para aumentar a amplitude de cada um deles.

O polichinelo, por exemplo, é um exercício de baixo impacto que funciona como uma espécie de alongamento dinâmico quando antecede exercícios aeróbicos de maior intensidade.

post no blog 2

3. Alongamento passivo

Esse tipo de alongamento é mais praticado por pessoas com limitações motoras ou que fazem acompanhamento profissional regularmente. Esses exercícios são feitos com ajuda de uma força externa – aparelhos ou pessoas.

É recomendável a prática do alongamento passivo para ganho de resistência muscular e tônus, caso esses sejam seus objetivos com a rotina fitness. Caso queira ganhar massa ou emagrecer, nossa dica é dar preferência aos estáticos e dinâmicos.

post blog alongamento passivo k

Estático e dinâmico: quando praticar alongamento?

Como dissemos, os alongamentos não se limitam somente aos instantes que antecedem outras práticas físicas – você pode realizá-los cerca de três vezes ao dia: de manhã, à tarde e à noite. A prática regular resulta em melhoras significativas no bem-estar e na saúde do corpo e da mente.

Além disso, é recomendado movimentar o corpo após longos períodos em uma mesma posição – essa é a dica de ouro para quem trabalha em pé ou sentada o dia todo. Presenteie o seu corpo com um bom alongamento e diminua o risco de lesões por esforço repetitivos (LER), câimbras e até mesmo varizes.

Outro bom momento para alongar-se é durante os momentos de lazer, em casa ou ao ar livre. Dessa forma, é muito mais fácil implementar o alongamento na sua rotina, o que, sem dúvidas, trará inúmeros benefícios à sua saúde!

Se você gosta de receber dicas úteis sobre o universo fitness, não deixe de acompanhar o blog Epulari e todas as nossas atualizações de conteúdo. Que tal conferir, também, nosso post sobre exercícios para postura e livrar-se de uma vez das dores indesejadas? Nos vemos no próximo post!

Comentários
Cadastre-se e receba novidades do blog
Buscar Post

Epulari e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.